Você está aqui: Entrada / Rede de Informação / Notícias Norte em Rede / Emprego e exportações crescem na Região do Norte
Notícias Norte em Rede

Data de publicação

2014-09-23T15:35:16+00:00

Emprego e exportações crescem na Região do Norte

O emprego da Região do Norte continuou a crescer no segundo trimestre de 2014 (+0,9% face ao período homólogo do ano anterior), desacelerando face ao resultado do trimestre anterior (+1,5%) mas confirmando um corte com a tendência negativa que penalizou o emprego regional de meados de 2008 até final de 2013. Este e outros dados constam do boletim Norte Conjuntura relativo ao segundo trimestre de 2014, que acaba de ser editado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

As indústrias transformadoras, seguidas pelo comércio, foram os setores que, em termos homólogos, mais contribuíram para o crescimento do emprego regional no segundo trimestre. A taxa de desemprego regional desceu para 15,0% (valor que compara com 15,8% no trimestre anterior e com 17,1% há um ano). Em termos absolutos, num confronto com o trimestre homólogo de 2013, o crescimento do emprego regional (+14 mil empregados) ficou aquém da redução observada na população desempregada (-44 mil segundo o INE) ou no desemprego registado (-20 mil, segundo o IEFP).

O mesmo relatório refere que as exportações de mercadorias da Região do Norte vêm beneficiando de uma progressiva aceleração, tendo alcançado, no segundo trimestre, um crescimento nominal estimado em 8,5%, em termos homólogos, impulsionado pelas trocas com a UE e pelas vendas de combustíveis minerais, entre outros produtos.

Por outro lado, os níveis de incumprimento bancário das empresas e das famílias da Região do Norte voltaram a subir no segundo trimestre de 2014. No caso das empresas, o rácio de crédito vencido representa já um oitavo do total do respetivo financiamento bancário. A inflação manteve-se negativa, acentuando mesmo a tendência (-0,8%, em termos homólogos, na média do trimestre, contra -0,5% no trimestre anterior).